“Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão ou TALVEZ Jamais Morram?” Mostrando a desonestidade

Já perguntou para uma Testemunha de Jeová de hoje se ela conhece um discurso chamado: Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão? Pouquíssimas delas conhecem, ou já ouviram falar nesse discurso. Pois bem, o que eu pretendo fazer nesse artigo, não é tocar na questão do que foi ensinado nesse discurso, irei sim falar um pouco sobre o que os Estudantes Internacionais da Bíblia entendiam naquela época. Mas, a ênfase principal que irei abordar aqui é o que a Torre de Vigia fala nos dias de hoje sobre esse assunto! Recentemente uma leitora que não se identificou como Testemunha de Jeová me enviou um e-mail, criticando quanto a minha postura dos assuntos que já abordei aqui. Em sua crítica, ela disse que eu só focalizava o passado da organização, um passado que não mais voltará, ela também disse que devemos viver o presente e olhar o futuro. Bem, em parte eu concordo com essa leitora, o passado ficou lá pra trás, mas o que ela e muitos TJs que possuem esse mesmo conceito não percebem, é que a Organização quando vai falar do seu passado, ela distorce os fatos. Vou colocar aqui o exemplo do discurso Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão, e veja que embora esse assunto seja do passado, a maneira como o Corpo Governante expõe esse assunto faz com que no mínimo eles não têm nenhum pouco de humildade, mesmo quando eles afirmam ter quando ajustam os conceitos que mostram ser falsos com o tempo!

 

Como a Torre de Vigia expõe aos seus fieis sobre o seu passado?

São muitos exemplos dos quais se encaixariam nesse aspecto, mas vamos falar somente do discurso Milhões. O que esse discurso realmente ensinava? O livro Testemunhas de Jeová: Proclamadores do Reino de Deus admite o seguinte:

 

Testemunhas de Jeová Proclamadores do Reino de Deus cap. 7, pág. 78

“Abrahão, Isaac e Jacob . . . e outros fiéis antigos”, dizia lá em 1920, em inglês, o folheto Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão, “podemos esperar em 1925 a volta [dentre os mortos] desses homens . . . ressurgindo . . . à perfeição humana”. Não só se esperava a ressurreição dos homens fiéis da antiguidade em 1925, mas alguns esperavam que os cristãos ungidos recebessem sua recompensa celestial naquele ano.

Então notamos aqui que um dos assuntos principais que o discurso Milhões que posteriormente se transformou em folheto dizia que, em 1925 os patriarcas e fieis antigos voltariam à ressurreição, e que também os Estudantes da Bíblia esperavam sua recompensa celestial.

 

download
Livro: Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão

Veja o que diz outra publicação:

Anuário das Testemunhas de Jeová de 1976 diz na pág. 146:

“Veio e foi-se o ano de 1925. Os seguidores ungidos de Jesus ainda estavam na terra como classe. Os homens fiéis da antiguidade — Abraão, Davi e outros — não foram ressuscitados para se tornarem príncipes na terra. (Sal. 45:16) Assim como recorda Anna MacDonald: “1925 foi um ano triste para muitos irmãos. Alguns deles tropeçaram, suas esperanças foram despedaçadas. Tinham esperado ver alguns dos ‘antigos dignitários’ [homens da antiguidade, como Abraão] serem ressuscitados. “Ao invés de isso ser considerado uma ‘probabilidade’, leram que era uma ‘certeza’, e alguns se prepararam para seus próprios entes queridos, na expectativa de sua ressurreição.”

Uma probabilidade? Será mesmo? O que esse anuário pretende inculcar na mente das TJs é que os Estudantes da Bíblia não deveriam ler o assunto envolvendo 1925 como uma certeza absoluta, e sim uma possibilidade muito grande de ocorrer. Mas será que a culpa foi dos Estudantes da Bíblia?

As expectativas para 1925 que foram apresentadas no folheto Milhões e em outras publicações incluíam:

  • O fim da Cristandade
  • A transformação da terra num paraíso
  • A ressurreição dos mortos para viver na terra
  • O restabelecimento dos judeus na Palestina

Estes ensinos foram apresentados como sendo “de Deus” e 1925 foi proclamado como uma data “estabelecida definitivamente nas Escrituras”, conforme mostram os trechos que seguem extraídos de publicações lançadas às vésperas daquele ano:

 

“Então, baseados nas promessas encontradas nas palavras Divinas, chegamos á positiva e indiscutível conclusão de que, milhões que agora vivem jamais morrerão.”Folheto Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão, pág. 122

 

“Esta cronologia não é de homem algum, mas de Deus… o acréscimo de mais provas a remove inteiramente do campo da possibilidade e coloca dentro do da certeza comprovada… a cronologia da verdade atual… não [é] de origem humana” Revista A Torre de Vigia de 15 de julho de 1922, pág. 217 (em inglês)

 

A data 1925 é ainda mais distintamente indicada pelas Escrituras, porque é fixada pela lei que Deus deu a Israel. Em vista da atual situação na Europa, alguém poderia se perguntar como é possível conter a explosão por muito mais tempo; e que mesmo antes de 1925 a grande crise chegará ao auge e provavelmente terá passado.” Revista A Torre de Vigia de 1º de setembro de 1922, pág. 262  (em inglês)

 

Nosso pensamento é que 1925 está estabelecido definitivamente nas Escrituras. Quanto a Noé, os cristãos agora têm muito mais sobre o que basear sua fé do que Noé tinha sobre o que basear a dele na vinda do dilúvio.” – Revista A Torre de Vigia de 1º de abril de 1923, pág. 106  (em inglês)

 

Não podemos ser censurados por apresentar, com base nas Escrituras, uma evidência que nos permite acreditar que um determinado evento ocorrerá em certo momento. Algumas vezes o Senhor permitiu que seu povo esperasse a coisa certa na hora errada, e mais frequentemente eles aguardaram coisas erradas na hora certa. Mas todos os inimigos da causa da verdade atual na terra esperam fervorosamente que os Estudantes da Bíblia não serão tão bem-sucedidos assim em 1925 em esperar a coisa certa na hora certa como o foram em 1914. Se eles forem, no entanto, serão os outros associados que terão o que explicar, não nós.” – Revista A Idade de Ouro de 13 de fevereiro de 1924, pág. 314 em inglês.

 

O ano de 1925 é uma data definitiva e claramente marcada nas Escrituras, ainda mais claramente do que a 1914.” – Revista A Torre de Vigia de 1924, pág. 211  (em inglês).

 

“A Bíblia e “A Bíblia em Pedra” [a Grande Pirâmide de Gizé] fornecem a data de 1914: para o início da grande mudança. A história prova que o processo de expulsão começou pontualmente na hora certa. A profecia indica que 1925-1926 verá a maior parte da expulsão concluída. Todos os estadistas do mundo estão temendo os próximos anos.” – Livro O Caminho Para o Paraíso (1924), pág. 171 em inglês.

 

“Quando você se dedicar a um estudo mais avançado da Bíblia, descobrirá que o ano de 1925 AD é marcado particularmente na profecia.”Livro O Caminho Para o Paraíso, pág. 220 em inglês.

 

Sem dúvida, muitos meninos e meninas que leem este livro viverão para ver Abraão, Isaque, Jacó, José, Daniel e aqueles outros homens fiéis do passado surgirem na glória de sua “melhor ressurreição”, perfeitos na mente e no corpo. Não levará muito tempo para que Cristo os nomeie para seus postos de honra e autoridade como seus representantes terrestres.” Livro O Caminho Para o Paraíso, pág. 226 em inglês.

 

Pode-se comparar a declaração do Anuário de 1976 com o que as publicações, citadas na amostra acima, realmente diziam sobre 1925. O que significam as frases “positiva e indiscutível conclusão”, “prova”, “evidência com base nas Escrituras”, “certeza comprovada”, “sem dúvida”, “distintamente indicada” / “estabelecido definitivamente” / “definitiva e claramente marcada” nas Escrituras? Que pessoa normal entenderia cada uma dessas frases como expressando nada mais que uma “probabilidade”?

milhoes_estande.jpg

never ie2

O erro grave cometido

A Torre de Vigia ensinava para seus membros na época que antecedia 1925, que nesse ano se cumpriria profecias, tais como a ressurreição dos patriarcas, o fim do sistema e o inicio do reinado de Cristo na terra, e dizia ainda que milhões dos que viviam naquela época jamais iriam morrer, conforme o título do discurso enfatizava claramente. Os membros da Organização fizeram uma campanha que ficou conhecida como ‘’campanha dos milhões’’, e divulgaram essa mensagem para todos os que puderam ouvir.

 

Testemunhas de Jeová Proclamadores do Reino de Deus, cap. 28 p. 632

No discurso “Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão”, proferido por J. F. Rutherford em 21 de março de 1920 no Hippodrome, na cidade de Nova Iorque, dirigiu-se atenção ao ano de 1925 […] isso significaria que a humanidade havia entrado numa era em que a morte deixaria de ser dominadora, e milhões que então viviam podiam ter a esperança de nunca desaparecer da Terra por causa da morte. Que feliz perspectiva! Embora equivocada, eles ansiosamente partilharam-na com outros.

 

 

Esse foi o maior erro da Organização! Pregar mentiras! Embora para os fieis isso não fosse assim, perguntamos: quem foi que criou essas expectativas? Quem incentivou os Estudantes da Bíblia a pregarem essa mensagem, promovendo até mesmo uma grande campanha? Quem foi o responsável pela profecia a respeito de 1925? A luz do que já consideramos até aqui, sabemos muito bem que quem criou essa falsa esperança foi a Organização Torre de Vigia, e não os Estudantes da Bíblia individualmente. A Organização e sua liderança desconsideraram o que Jesus disse aos discípulos que perguntaram sobre quando seria estabelecido o seu Reino:

(Atos 1:6, 7) . . .Tendo-se eles então reunido, perguntavam-lhe: “Senhor, é neste tempo que restabeleces o reino a Israel?” 7 Disse-lhes ele: “Não vos cabe obter conhecimento dos tempos ou das épocas que o Pai tem colocado sob a sua própria jurisdição. . .

 

 

A Torre de Vigia distorce o que realmente aconteceu naquela época

 

Se você tem o CD-ROM da Sociedade Torre de Vigia, pesquise nas publicações mais recentes sobre o discurso Milhões! Você irá encontrar distorções do que realmente aconteceu. Algumas vezes, a Torre de Vigia manipula o sentido da mensagem justamente para amenizar o erro cometido por eles! Veja só:

 

 

 

A Sentinela 1 de maio de 1980 p. 26 par. 14

Em 24 de fevereiro de 1918, no meio da Primeira Guerra Mundial, J. F. Rutherford, como presidente da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados (dos E. U. A.) proferiu um discurso público em Los Angeles, na Califórnia, E. U. A . Intitulava-se “Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão”. Após a Primeira Guerra Mundial, a matéria deste espantoso discurso foi publicada em forma de livro. Esta apresentação dava ênfase a que haveria na terra pessoas de disposição justa, que seriam poupadas com vida durante o vindouro dia da ira de Deus. Sobreviveriam para a nova ordem de Deus e teriam a oportunidade de nunca morrerem na terra transformada em paraíso.

 

Observe aqui a data, o local e o nome do discurso! Agora compare com essa Sentinela que foi publicada apenas 4 anos depois:

 

A Sentinela 1 de janeiro de 1984,  pp. 17-18 par. 3

Homens e mulheres deste século 20 foram alertados a esta esperança notável no domingo, 24 de fevereiro de 1918, em Los Angeles, Califórnia, EUA. Ali, pela primeira vez, o então presidente da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados (dos EUA) proferiu o discurso público intitulado: “O Mundo Terminou . . . Milhões Que Agora Vivem Talvez Jamais Morram.” Isto se deu no mesmo tempo em que a Primeira Guerra Mundial, que havia envolvido os Estados Unidos da América, estava chegando ao seu clímax.

 

Notaram? A data e o local são o mesmo, mas o título do discurso mudou. Eles colocaram o advérbio ‘’talvez’’, para por uma condição, uma probabilidade. Mas será que existia esse ‘’talvez’’ no discurso de Rutherford? Veja só uma Sentinela recente que tocou nesse assunto:

A Sentinela 15 de fevereiro de 2010  pp. 15-16 par. 8

Os seguidores ungidos de Cristo já fazem o convite desde 1918. Naquele ano, o discurso público “Milhões que agora vivem talvez jamais morram” apresentou a esperança de que muitos ganharão a vida eterna numa Terra paradisíaca depois da batalha do Armagedom.

 

Na página seguinte dessa mesma revista, encontramos no alto da página a seguinte foto:

watch150210.jpg

 

Observe que aqui está mostrando uma prova oficial da época. Observe o nome do discurso! Encontramos o anúncio do discurso de Rutherford:

‘’THE WORLD HAS ENDED: Millions Now Living Will Never Die’’

Tradução: ‘’O MUNDO ACABOU: Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão’’

 

Não existe a palavra ‘’talvez’’ nesse anúncio, justamente na mesma revista que no paragrafo 8 mostra o discurso de forma diferente! As TJs a quem foi dirigido esse artigo não sabem o que realmente dizia o discurso, e mais ainda, esse detalhe da foto passa despercebido a um leitor desatento. O ‘’talvez’’ inserido no discurso não passa de uma falácia que tem como objetivo enganar. Se eles não colocassem o ‘’talvez’’, as pessoas a quem estava sendo dirigido o artigo da Sentinela poderiam estranhar, por que eles já estavam em 2010 (Ano em que essa Sentinela foi publicada), e as pessoas que viveram antes de 1918 (ano que o paragrafo chama atenção) já morreram, eu sei que ainda existem algumas vivas hoje, mas não são milhões.

A Organização Torre de Vigia prefere esconder aquilo que foi um dos seus maiores fracassos! Não admitem aos seus membros atualmente para não manchar o nome da Organização, e não perder a confiança dos adeptos no seu ‘’belo’’ escravo fiel e discreto. Eu pergunto: isso é humildade? É verdade que eles não pregam mais essa mensagem do discurso Milhões atualmente, mas por que distorcer os fatos quando vai tocar nesse assunto hoje? Não é mais bonito para alguém que se diz representar o Soberano Universal falar do imenso fracasso que aconteceu naquela época? E o que dizer da competência do escravo fiel e discreto das Testemunhas de Jeová, que diz alimentar seus domésticos com alimento de qualidade? Ao observarmos a qualidade desse alimento desde a sua suposta inspeção em 1919, iremos notar facilmente alimento estragado, que criou expectativas erradas para muitas pessoas que após o fracasso, muitas perderam a fé até no Criador, como se ele realmente fosse responsável pelos erros de homens orgulhosos! Lamentável!

Então, em resposta a leitora que suscitou a pergunta sobre falar do passado da organização, é justamente isso! A organização esconde o passado, não fala a verdade completa dele. Só fala aquilo que lhe é favorável, que não a coloca em posição comprometedora, para que assim as pessoas achem que essa Organização só tem coisa boa, que é a única aprovada por Jeová, que é humilde em corrigir os erros. Mas como vimos e provamos através das próprias publicações da Torre de Vigia, é que ela manipula e distorce os fatos, essa é que é a dura realidade! Acredite quem quiser!

Agradecimentos por certas partes do artigo ao site Mentes Bereanas no link: http://www.mentesbereanas.org/milhoesqueagoravivem.html

 

 

Anúncios

7 comentários sobre ““Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão ou TALVEZ Jamais Morram?” Mostrando a desonestidade

  1. Cara Inteligente

    Deixa de falar mentiras! A organização de Jeová nunca falou que o mundo ia acabar em 1925. A Bíblia já dizia que “ninguém sabe o dia e nem a hora” (Mt 24:36) Isso as TJs sempre cumpriram. Tudo isso que vc escreveu não passa de mentiras! Tu és um apóstata que será destruído no Armagedom. Seu canalha, desgraçado e mentiroso. Vc está se opondo não a nós TJs e sim ao soberano Deus Jeová que irá te castigar da forma que vc merece. Você é digno de pena, não merece respirar o oxigênio desde belo planeta que logo se tornar um paraíso. Os apóstatas já tem como destino a destruição no Armagedom e vc cria esse site ridículo pra falar mal do povo de Jeová, lançando calunias e mentiras? Vc é um hipócrita que foi desassociado por fornicação e quer justificar seus erros lançando mentiras contra a organização. Seu idiota! Queria saber onde tu mora que eu iria te ensinar boas maneiras. Otário, ridículo, patético, satanista, é isso que vc é!!!!!

    Curtir

    1. “Cara Burro” por que de inteligente não tem nada. Você falou, falou e falou, mas não provou que o assunto do artigo se trata de mentiras. Apenas me atacou pessoalmente ao invés de atacar o argumento. Você usou em seu comentário a técnica de argumentação Ad Homine (Que eu acho que nem isso você sabe o que é). O artigo em questão contém várias citações e até mesmo fotocópias de publicações da época que antecediam o ano de 1925, ao que me parece você não leu nada do que está lá. E a Organização Torre de Vigia PREGOU SIM o fim do mundo para aquele ano, tanto quanto ela pregou para várias outras datas que esse artigo não mencionou.

      Seu comentário é desprovido de argumentos, pois eu só vi ATAQUES. Você tem a cara de pau de citar o texto de Mateus 24:36 que sempre esteve na Bíblia, mas a Organização ignorou não só uma vez, mas 7 vezes e é claro que falhou em todas. Pesquise! Parece que você ao invés de estudar o assunto pra depois ter com o que comentar, não estudou absolutamente nada e agiu que nem um papagaio!

      Seu comentário também mostra 2 coisas você não tem conhecimento algum:
      1- Não sabe NADA sobre a religião TJ;
      2- Não sabe nada da minha vida pra ficar me acusando disso e daquilo.

      Vá estudar a história da sua religião e depois comente aqui e se for novamente comentar alguma coisa desse blog, seja educado, aja como cristão ao dirigir palavras a minha pessoa. Por que o vocabulário que você usou só fez você passar vergonha e além disso acabou desmoralizando a tua religião que você acredita ser pura e limpa!

      Curtir

  2. Cara Inteligente

    Provérbios 11:9 diz: “É pela boca que o apóstata arruína seu próximo”.
    Vocês apóstatas muitas vezes usam palavras bondozas pra atrair a si os discipulos. Não é de hoje essa perseguição contra o povo de Jeová. Mas eu pergunto: O que vcs tem de bom a oferecer? NADA!! Os apóstatas não dão as pessoas uma esperança de vida eterna, e sem se falar que não cumprem o que Jesus disse em Mateus 24:14. Me aponte alguma religião melhor do que as TJs para que eu possa ir. Isso vcs não fazem, por que apenas na Organização de Jeová se cumpre o requisitos para a aprovação de Deus. As outras religiões são cheias de hipocrisia e falsidade, os apóstatas são piores no sentido de que já conhecem a verdade mas preferem servir os interesses de Satanás. Que por sinal é o pai dos mentirosos como voces (João 8:44)

    Curtir

    1. Você está desviando o assunto. Eu desafio você a provar que esse artigo contém alguma mentira. Se você conseguir provar isso, eu deleto o site e ainda volto a ser TJ. E aí topa o desafio?

      Sobre a mania que vocês têm de se basear nos erros das outras religiões como forma de se exaltar como a melhor de todas, é conversa pra boi dormir e só engana os iludidos e fanáticos que preferem tapar os olhos em meio a tantos fatos e provas que mostra o lado podre da Organização TJ. Pois será que na religião das Testemunhas de Jeová é desprovido de hipocrisia? Leia esse artigo onde mostra o grau de hipocrisia das TJs

      E sobre apontar a melhor religião isso eu não posso fazer, por que simplesmente não existe melhor religião. Mas eu aponto a pior, quer que eu diga?

      Curtir

    2. Cara Inteligente

      Não adianta discutir com apóstatas! Vocês são como porcos a quem não devemos soltar pérolas. Como já disse antes, O Pai de vocês é o Diabo, pois vocês refletem o mesmo espirito de rebeldia que ele teve para com Jeová Deus. São um bando de hipócritas que já tem o seu quinhão guardado na fúria de Jeová. Os apóstatas não merecem perdão, pois pecam contra o espirito santo. E a língua de vocês cairão aos pés de Jesus no Armagedom, e eu estarei lá para ver a vossa destruição, pois estou do lado que irá vencer. A Organização de Jeová é a melhor do mundo onde colhemos os frutos do amor de Jeová pelo seu povo, fazemos a sua vontade e não deixamos que nada nos impeça de servir a Jeová com alegria. Os apóstatas, por outro lado, vivem na miséria, não tem com o que satisfazer sua necessidade espiritual. Esses sites que vcs criam falando mal de Jeová apenas servem para mostrar que estamos com a verdade e somos o único povo aprovado por Deus.

      Curtir

    3. Mais uma vez, seu comentário mostra que você possui uma mente completamente fechada! E se eu reflito o espírito do Diabo, vc reflete de quem? Jeová? Jesus? Será que eles são como você que usa palavreado forte, linguagem nem um pouco branda e temperada sem sal? Você anseia ver a morte dos que se opõem ao seu sistema de crenças, isso indica que sua mente é dominada pelo sadismo em ver sofrimento alheio. E esse o espírito de amor que você diz carregar? É esse o espírito de amor que você colhe dentro da Organização?

      Você só fala abobrinha. Não queria fazer que nem os defensores da sua religião fazem, mas não vou mais aceitar esses tipos de comentários aqui, pelo menos os seus dependendo do conteúdo, serão deletados. A Bíblia diz que é “da abundância do coração que a boca fala”. Dá até pra ver o quanto de ódio você tem nesse seu íntimo, e eu apenas tenho de lamentar que haja pessoas assim. Em nenhum momento neste site ou fora dele, eu ataco as TJs individualmente, pois sei que muitas delas são apenas vítimas de lavagem cerebral que é feita nelas. Não as odeio da mesma forma como vc aí “Cara Inte… Ops… Burro” me odeia. Se eu serei destruído ou não por Deus, não cabe a você e nem a ninguém julgar isso. Aliás, esse tipo de comportamento da sua parte apenas mostra o quão errado você está ao se considerar um cristão genuíno, que sabe muito bem que não deve julgar o próximo. (Mateus 7:1)

      Não irei me aprofundar respondendo suas acusações sem fundamento, por que sei que não vale a pena e que meu tempo é muitíssimo precioso. E tampouco irei me rebaixar ao seu nível, tal como você fez em seus comentários aqui nessa página. Ao contrário de você, eu procuro me controlar ao invés de sair usando termos pejorativos contra alguém. De uma coisa eu garanto: você não tem nada de cristão. E até me dói dizer isso, mas vc também envergonha muitas testemunhas de Jeová sinceras.

      Curtir

  3. Antonio Filho

    Ô ” cara inteligente ” seu jumento!!! Deixa de ser burro otário! Mostra que o artigo tá errado seu “zé buceta”! É assim que trata as pessoas seu idiota otário! Deixa as tjs virem na minha casa, que eu vou mostrar essas tuas declarações zé ruela! Vou tirar um print aqui e desmascarar essa organização seu bundão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s